Minha esposa me fez de corno voyeur.

Publicado por: ibida em 24/05/2018
Categoria: Corno
Leituras: 7835 / Votos: 4 / Comentários: 3
Com alguns anos de casado algumas desconfianças em relação às atitudes de minha esposa me levavam a crer que eu seria corno. É que minha esposa se conectava a um rapaz, e ele iria passar a frequentar a faculdade a titulo de seminário e quando eu chequei perto e só pude ler... É ele, o meu marido... Tchau. E dias depois ela me pergunta se é verdade que tem pílulas que se coloca na bebida e pra acordar é difícil.

E falo que uma dosagem fraca garante uns vinte minutos e ela me mostrou um tablete de pílulas e diz que uma amiga deu a ela como “presente” e que o tal amigo havia chegado e viria ele e um casal de amigos em casa. E até ai tudo bem, não sou cachorro pra ir mordendo quem quer ir a casa e concordei.

E fim de semana eles chegaram e fui apresentado e fiquei tomando umas bebidas com eles e mais tarde o casal iria embora e ele ia ficar. E foi quando ela disse. Amado, sobe e pega na gaveta as fotos que fizemos nas férias e subo e sabia onde ela tinha guardado o tablete de pílulas e olhei e não estava.

E desço com as fotos e a vejo na cozinha e percebo no bolso do short dela em formato de tablete de pílulas. E ela olhar pra mim e sorri e diz que derrubou meu copo de bebidas e veio lavar e já encheu meu copo.
E ela subiu pro quarto e pequei o copo jóquei fora a bebida e levei as fotos ao rapaz e ela voltou e fala que cerveja é fraco e eu deveria trocar por Rum Montilla e vi que ela estava forçando, pois perguntou se eu estava com sono e entrei no jogo, e vocês podem perguntar, mas se eu desconfiava que ela queria me fazer de corno porque fingir dormir?
Pra flagra? Ou porque se eu fosse corno dela era só fingir dormir e assim mantinha minha integridade de machão? É por ai.

E pouco tempo depois fingir abaixar a cabeça na mesa e fingir dormir. Pronto o que faltava? Eles se decidirem... Pois eu ouvia um shhh...
– Silêncio acha que ele dormiu. Disse ela
– Mas vamos esperar mais um pouco será que ele não acorda. Disse o garoto.

No que ela diz, vamos fazer ele de corno. E logo escuto sons de slup, slups e abri os olhos e vejo minha esposa com o pau na boca e ela olhou pra mim. E quem já viu a esposa olhar com o cacetão na boca sabe que da vontade de bater uma, mas na minha situação eu não podia.

E fechei os olhos, mas depois arrisquei olhar e ela praticava o segundo passo do manual do corno, primeiro chupa depois da à boceta. E assim ela na cadeira de costas pra mim levava a bocetinha. E eu estava virando mais corno vendo minha mulher da à boceta, e é quando ela diz...

– Nós, as casadas quando queremos ser puta, somos as melhores e percebe agora o tamanho da vadia que sou. E ela vira de frente pra mim e diz quero leite na boceta na frente desse corno que fica dormindo, a esposa vagabunda dele fica fodendo.

E ela levantou e ficando parada com as mãos nas coxas, e o pau entrou só na boceta, sem tocar em outra parte do corpo dela. E assim eu me torno mais corno, pois ela ainda diz, a partir de hoje vou dar pra um monte de macho e esse corno nem desconfia porque corno de um corno de vários. E assim minha esposa deu como uma puta.

Ela se levantou e disse caralho tá escorrendo porra e quer um cuzinho? E ela se aproximou de mim e fechei os olhos e logo ela retornou a falar. Vou de mostrar que rosca do cuzinho de casada é difícil de arrombar, mas quando arromba a esposa safadinha toca siririca com os dedos que pode enfiar na boceta.
E quando tomei coragem pra ver a vejo na cadeira de costas e ela pincelava o pau no cuzinho e o pau já abria o cuzinho da minha esposa e ela parou e disse vêm comigo e me abraçou por trás na cadeira e disse, assim vai ser mais gostoso se abraçar esse corno.

E eu ouvia os gemidos de minha esposa tendo o arinho fodido e arrombado. E foi quando eu me mexi, pois estava parado na mesma posição e não tinha como ficar parado. E eles deram um shhh o corno, ele vai acordar, e ela pôs a calcinha o shortinho e veio até mim e disse tá acordado amor?

E logo pensei... Que vagabunda safada, jura que me drogou e estava dando a bunda e na cara de peroba ainda me chamar de amor? Mas fingi acordar, dizendo que estava com sono e queria dormir. E a vadia no gesto de “carinho” pediu que a ajudasse a me levar pra dentro e colocar- me no sofá. E fui colocado no sofá e ela me da um beijo na boca e diz.

– Calma minha paixão eterna e idolatrado marido, vou levar ele até a porta e nesse instante fingir logo dormir e eles fora até a porta e escuto uns sussurros e ela volta a olhar... Ele está dormindo, bora ainda tem tempo pra foder e gozar no meu cuzinho e gosto na bunda.

E se eu já era corno, arisco olhar e a vejo encostando-se a parede com o short e calcinha até os joelhos e com as mãos a abrir a bunda a dizer... Tá doendo, eu sei que esposa de corno tem que da o anel dela, mas mete devagar, que a alegria da mulher é tem o cuzinho penetrado bem gostoso.

E assim minha mulher praticou o ultimo passo do manual do corno. Esposa pede pra meter tudo e ela da o cuzinho dela bem gostoso. E quando ela parou de reclamar que estava doendo e se acostumou com a vara abrindo o anel, ela pediu como uma devassa pra ele meter na rosca que quando o maridão corno quiser meter não tem nenhuma prega pra ele, pois ela acabou de dar anel de couro pra outro.

E nesse palavreado ele soca com força e goza jatos de porra no apertadinho cuzinho da minha esposa e a safada ainda ri e rebolava enquanto ele enchia o cuzinho dela de leite, e por fim ela ajeita a calcinha e deu um beijo nele e se despedem e ela ficou fazendo algo na Tv e não puder ver o que era.

E ela vem até mim e eu fingindo sonolência, ela se agachou e puxou meu short e salta um pau bem duro e ela sorriu pra mim e disse – Engraçado, Meu amado marido dorme de pau duro, porque será?
E ela iniciou uma acelerada bronha e gozei golfadas ao alto.

No que ela se levantar e diz vamos pra cama, mas antes joga uma água nas plantas, pois esta com cheiro de Rum Motilla e isso porque jogaste rum nelas, mas antes liga a TV e Foi subindo as escadas dizendo... Meu marido, por que será que ele dorme de pau durão?

É quando percebo no bolso de minha camisa tabletes inteiros de pílulas e os controles do DVD e da TV na minha mão. É claro que eu tinha que ligar e começa com a mensagem explicando o plano dela... Quero saber se meu marido é corno e melhor um corno voyeur e pra isso vou passar semanas dando sinais pra ver se ele toma uma iniciativa e me interroga e então o que fiz?

Pedir permissão pra fazer ele de corno, e tudo sem palavras e vou colocar o tablete de pílulas na gaveta e no dia da “visita” vou fazer ele subi e se tiver mexido e ele não me interrogar, é um bom sinal, ele sabe o que vou fazer e não fez nada pra impedir. E a confirmação total vai ser se ele fingir cansaço e dormir na mesa.

E ao mesmo tempo em que eu ouvia a confissão de plano eu estava excitado e já estava batendo punheta relembrando ser um voyeur e nesse momento ela desce as escadas e coloco rápido o pau pra dentro da cueca e ela fala, amor você já ouviu a mensagem? Agora sobe que quero saber por que dorme de pau duro...

E só pude pensa... Como se ela não soubesse que estava de pau duro por vê-la ter relações sexuais. E agora vou ter que explicar o porquê eu vou subi de pau duro... Como se ela não soubesse... Ah minha esposa, Maísa Ibida, Asiática do inferno, braço direito do capeta, mensageira de tudo que presta e o que não presta, vai ter inteligência na puta que pariu pra descobrir um corno manso voyeur.
Autora: Maísa Ibida.


Comentários

cesar em : 21/07/2018

Adorei


cel-querino em : 13/10/2018

Ela já sabe, mas conta pra ela, ela vai ficar mais excitada e vai te fazer um corno feliz


herege em : 08/03/2019

muito bom votado